Páginas

terça-feira, 6 de setembro de 2011

TRABALHO INVESTIGATIVO SOBRE BURITI-MA

1º INVESTIGAR DADOS SOBRE A CRIAÇÃO DO MUNICÍPIO, OS INTERESSES QUE MOTIVARAM ESSA CRIAÇÃO E SUA EVOLUÇÃO POPULACIONAL:

O povoado que originou o município de Buriti teve início quando Inácia Vaz ao se fixar à margem do riacho Tubi, em um vale entre morros, fundou engenho de cana para a fabricação de açúcar mascavo, rapadura e aguardente। A abundância de água e a fertilidade das terras adjacentes fizeram com que o engenho prosperasse, atraindo diversas famílias para o local, que se constituiu em povoação, denominada Buriti, em razão do buritizal ali existente. Mais tarde, em homenagem à fundadora, o lugarejo passou a chamar-se Buriti de Inácia Vaz, o que foi confirmado por Decreto de 1933. Entretanto, em Divisões Territoriais posteriores, figurou com a primitiva denominação, que ainda conserva. Em 1888, desmembrou-se do município de Brejo. A elevação à categoria de Cidade ocorreu em 1938. Gentílico: buritiense, Formação Administrativa. Distrito criado com a denominação de Buriti, pela lei provincial nº 157, 19-10-1843, subordinado ao município de Brejo. Elevado à categoria de vila com a denominação de Buruti, pela lei provincial nº 1428, de 1204-1888, desmembrado de Brejo. Sede na povoação de Buriti. Pela lei municipal de 11-07-1893, transfere a sede do município da povoação de Buriti para a de Curralinho. Pela lei estadual nº 529, de 01-04-1910, a sede volta para a povoação de Buriti. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Buriti e Curralinho. Pela lei estadual nº 667, de 28-04-1914, desmembra do município de Buriti o distrito de Curralinho. Elevado à categoria de município. Pelo decreto estadual de 1933, o município de Buriti passou a denominar-se Buriti de Inácia Vaz. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pela lei nº 159, de 06-12-1938, o município de Buriti de Inácia Vaz voltou a denominar-se Buriti. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. Voltou a denominar-se Buriti. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005. Alterações toponímicas municipais. Buriti para Buriti de Inácia Vaz alterado, pelo decreto estadual de 1933. Buriti Inácia Vaz para Buriti alterado, pela lei 159, de 06-12-1938.

Nome dos prefeitos e períodos em que governaram: 1º - Felinto Pessôa de Faria Neto de 06/12/1938 a 31/12/1944, 2º Antonio Pio de Faria de 01/01/1945 a 30/06/1946, 3º João de Freitas Costa de 01/06/1946 a 31/12/1947, 4º Osvaldo Freire de Faria de 01/01/1948 a 31/01/1951, 5º Raimundo Nonato de Almeida de 31/01/1951 a 31/01/1955, 6º Osvaldo Freire de Faria de 31/01/1955 a 31/01/1960, 7º Raimundo nonato de Almeida de 31/01/1960 a 08/10/1964, 8º Aidil de Sousa Carvalho de 08/10/1964 a 31/01/1966, 9º Antonio de Faria Dutra de 31/01/1966 a 31/01/1970, 10º Osvaldo Freire de Faria de 31/01/1970 a 31/01/1971, 11º Francisco Machado da silva de 31/01/1971 a 31/01/1973, 12º Benedito Gonçalves Machado Filho de 31/01/1973 a 31/01/1977, 13º Fernando Costa de Almeida de 31/01/1977 a 01/01/1983, 14º Benedito Gonçalves Machado Filho de 01/01/1983 a 01/01/1984, 15º Elza Maria Magaldi Machado de 01/01/1984 a 01/01/1989, 16º José Machado Vilar de 01/01/1989 a 31/12/1992, 17º Alan George Novais Viana de 01/01/1992 a 31/12/1996, 18º José Machado Vilar de 01/01/19997 a 31/12/2000, 19º José Machado Vilar de 01/01/2001 a 31/12/2004 20º Francisco Evandro Freitas Costa Mourão de 01/01/2005 a 31/12/2008, 21º Francisco Evandro Freitas Costa Mourão de 01/01/2009 a 31/12/2012.

2º INVESTIGAR DADOS SOBRE OS GRUPOS QUE FORMARAM A POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO ELABORANDO GRÁFICOS, MAPAS INDICANDO A ORIGEM DAS CORRENTES MIGRATÓRIAS QUE PARA AQUI VINHERAM E QUAL A CORRENTE DOMINANTE:

Os grupos que formam nosso município são:

OS NEGROS 5% migraram dos povoado Mocambinho, Santa Cruz, Axixá e Pitombeira;

OS BRANCOS 15% migraram dos povoados Saquinho, Morrinho, Bom Jesus, Lagoa etc.

OS PARDOS 80% migraram de Brejo, Palestina, Anapurus, Mata Roma, Chapadinha, Pará, Piauí, Pernambuco, Coelho Neto etc.

3º OBSERVAR OS ANOS DE MIGRAÇÃO MAIS INTENSA PROCURANDO ASSOCIAR COM O CONTEXTO POLÍTICO ECONÔMICO DO ESTADO DO MARANHÃO.

O ano de 2004 foi um ano em que os gaúchos migraram para as terras buritienses, com o objetivo de cultivar soja e milho, neste período o cartório lucrou bastante, mais o que pude observar é que a maioria dos vendedores de terras eram analfabetos, sempre precisavam de um procurador para concretizar a venda. Mesmo com grandes plantações a economia não mudou muito, porque os produtos aqui cultivados são comercializados em outros Estados. Com a compra das terras em redor da cidade a população urbana inchou, pois a população rural migrou para a sede, deixando o cenário econômico ainda mias fragilizado, onde todo mundo procura emprego, mais sem mão de obra especializada.

4º IDENTIFICAR, ENTRE OS MORADORES MAIS ANTIGOS MIGRANTES DAS DIVERSAS REGIÕES. ENTREVISTAR ESSES MIGRANTES SOBRE SUA HISTÓRIA DE VIDA, PROCURANDO EXPLORAR A SUA VISÃO DE REGIÃO E DE DIFERENÇA REGIONAL, OU SEJA, QUAL A SUA APRECIAÇÃO QUE FAZ SOBRE OS MIGRANTES DE OUTRAS REGIÕES.


5º ESCREVER UM TEXTO SOBRE A DIVERSIDADE ÉTNICO CULTURAL DE SEU MUNICÍPIO, UTILIZANDO OS DADOS COLHIDOS.

Falar da diversidade cultural e étnica de nosso município Buriti é um pouco complicado, por que aqui nesta cidade temos os negros que apesar de serem minoria, ainda são vistos como pessoas inferiores e isto significa que se aqui em Buriti agente percebe traço de racismo imagine no restante do País? Temos os brancos que antes não se relacionavam com os das outras etnias agora é que seus filhos estão casando-se com pessoas de outra cor ou raça, entre eles a religião predominante é o catolicismo, mais já existem casos em que membros dos brancos casados com pessoas protestantes, fazendo com que a cultual de um predomine no outro e até mesmo porque as mulheres brancas quando se casam vão morar em outros lugares que tem outros povos, outros costumes e outra cultura, difundindo assim sua cultura mãe seus costumes, já os pardos dominam em maioria com os das outras etnias, existe uma época em que nosso município recebe pessoas de todas a etnias os dias 16 a 26 de julho de cada ano acontecendo assim o cruzamento entre elas e os costumes e cultura vão se misturando cada vez mais.

Nenhum comentário: